36 Mitos de SEO: o que o Google não usa como fator de ranking

36 Mitos de SEO: o que o Google não usa como fator de ranking

Todos os profissionais de SEO e os donos de sites gostam de falar, divulgar e até vender cursos falando sobre os fatores de classificação do Google.

Ninguém tem certeza absoluta sobre esses fatores, até porque, o Google nunca confirmou quais seriam.

(E no dia que fizerem isso, o Bing copia e cola.)

Nós vivemos em cima de experiências e testes e a partir daí, usamos em nossos projetos as ações que dão os melhores resultados.

Todo mundo deve concordar que um conteúdo original e links de relevância trazem resultados, mas sempre tem gente falando de outros sinais que são importantes, mas que o Google repetidamente negou que afetam as classificações nas buscas.

Listamos aqui alguns dos sinais que o Google afirmou não serem sinais diretos de classificação em seus algoritmos de pesquisa.

36 Mitos de SEO: o que o Google não usa como fator de ranking

36 Mitos de SEO: o que o Google não usa como fator de ranking
36 Mitos de SEO: o que o Google não usa como fator de ranking

 

  • Classificações das diretrizes dos avaliadores de qualidade de pesquisa (fonte)
  • Google Ads (fonte)
  • Likes e Menções em Redes Sociais (fonte)
  • Taxas de cliques nos resultados de pesquisa CTR (fonte)
  • Voltar à página de resultados da pesquisa (fonte)
  • Dwell time na página (fonte)
  • Bounce rates (fonte)
  • Dados de envolvimento do usuário em suas páginas da web (fonte)
  • Comportamento do usuário (fonte)
  • Dados do Chrome de core web vitals (fonte)
  • Dados do Google Analytics (fonte)
  • Dados de Toolbar (fonte)
  • Tráfego do Site (fonte)
  • Abandono de Carrinho (fonte)
  • E-A-T (fonte)
  • Design Responsivo (fonte)
  • AMP (fonte)
  • Precisão do conteúdo (fonte)
  • Bio de Autores (fonte)
  • Marcação de Dados Estruturados (fonte)
  • Contagem de palavras (fonte)
  • Outbound links (fonte)
  • Preços de Produtos (fonte)
  • Tamanho da URL (fonte)
  • Acessibilidade (foonte)
  • Stars, ratings e reviews (fonte)
  • Melhor Business Bureau (fonte)
  • Selos de Confiabilidade de organizações (fonte)
  • Idade do Domínio (fonte)
  • Imagens 3D & AR (foonte)
  • Assinaturas de Email newsletter (fonte)
  • Google+ 1s (fonte)
  • Sinais de vida real dos usuários (fonte)
  • Alto volume de páginas (fonte)
  • Frequência de Conteúdo (fonte)
  • Domínio de Autoridade da Moz DA (fonte)

E importa se esses são fatores de classificação que o Google usa em seu algoritmo de pesquisa?

Com certeza, não.

O Google fala a décadas que o que mais importa é ter um site rastreável e indexável, com conteúdo único e útil e ter links para sites de relevância e de autoridade, ou seja; ter um site que ajuda ao usuário a solucionar seu problema ou dúvida.

Não fique bitolado em sinais únicos achando que será a “salvação da lavoura”.

Tenha um site confiável e de qualidade.

Onde os usuários tenham o prazer em compartilhar seu conteúdo.

Você pode não concordar, mas o debate está aberto.

O que acha? Comente ai pra gente saber a sua opinião.

fonte

Como verificar ranking de site no Google

verificar ranking de site

Como verificar ranking de site no Google com uma ferramenta gratuita, simples e com um índice de assertividade altíssimo?

Eu vou te mostrar que esta ferramenta existe e que vai mudar sua vida a partir do primeiro uso dela.

Leia tudo e seja feliz!

Como ver o ranking do meu site no Google?

Quando trabalhamos com marketing digital, temos que ficar atentos se nosso site esta aparecendo no Google.

O sistema de busca do Google detém mais de 97% do mercado brasileiro dos motores de buscas.

Por isso, podemos afirmar que todo mundo usa o Google.

No desktop, nos tablets e nos smartphones.

Mas mesmo investindo muito tempo e dinheiro em nosso marketing digital, se o nosso site não aparece nas primeiras posições do Google, dificilmente iremos vender mais, usando o tráfego orgânico.

Você pode conferir se seu site aparece no Google, digitando a marca da empresa no campo de busca.

Ok, muito simples!

Mas e como saber se meus serviços ou produtos estão no Google e em que posições?

Analisar o Site

Vamos imaginar que você investiu horas de análise SEO no seu site e que está tudo ok. E agora?

Ficar pesquisando todos os termos e palavras-chave nas 10 páginas de resultados de buscas no Google é loucura.

Por isso, vou indicar uma ferramenta que faz esse trabalho para você em segundos!

Ferramenta para verificar ranking de site

Apresento-lhes o WhastmySerp.

Esta ferramenta é gratuita, simples e muito assertiva no que se refere ao posicionamento dos termos pesquisados.

A versão gratuita te permite fazer 10 pesquisas diárias.

Mas se você se cadastrar, esse limite diário não existe.

Como verificar o ranking de uma palavra-chave no WhatsmeySerp

Depois que você se cadastrou na ferramenta, basta digitar o endereço do site, a localidade do sistema de busca e os termos que deseja saber o posicionamento atual.

Whatsmyserp
Whatsmyserp

Pronto!

Mais simples, impossível.

Agora se você for assinante da ferramenta, poderá gerar um gráfico de posicionamento diário desde o momento que começou a monitorar.

Rank Checker

E tem ainda o rank checker!

Aqui, basta inserir suas pesquisas e da mesma forma que mostramos acima ele mostra as posições com um adicional: todas as url’s da concorrência de cada termo pesquisado.

Serp Checker
Serp Checker

Pensou que acabou?

Ainda tem mais!

WhatsmySerp Everywhere Extension pro Chrome/Brave

Você instalar uma extensão pro Google Chrome ou Brave, que mostrará o volume de buscas dos termos no Google e ainda uma relação de palavras-chave relacionadas.

whatsmyserp everywhere
whatsmyserp everywhere

Conclusão

É isso que faltava para que saiba diariamente as posições de seus termos no Google, de forma simples e gratuita.

Você pode usar o Semrush, o Ubersuggest e outros para muita coisa, mas o WhatsmySerp é o meu preferido para pesquisas rápidas e sem precisar pagar.

Curtiu, então comente ai embaixo e compartilhe com seu time!

Sucesso.

100 Planilhas de Marketing Digital e SEO

Planilhas de Marketing Digital e SEO

Mais de 100 planilhas de Marketing Digital e Otimização de Sites. Seu planejamento começa aqui!

Então você trabalha em marketing e em otimização de site (SEO)? Legal!

Independentemente da sua posição – analista, consultor ou com um grau de gerenciamento – você vai ter que investir uma boa parte do seu tempo em planilhas.

A partir do acompanhamento de análises de sites, planejamento de conteúdo ou criação de documentos de pesquisa de palavras-chave, você terá uma visão maior do que planejar e implantar nas suas estratégias.

Toda essa pesquisa leva muito tempo de captura de dados e análise.

Mas podemos otimizar nosso tempo usando as Planilhas Google.

Graças a boa-vontade de algumas pessoas neste mundo que criaram planilhas no Google Spreadsheet que irão otimizar nosso tempo nestas tarefas rotineiras.

100 Planilhas de Marketing Digital… ou mais!

Depois de anos procurando por novos templates de planilhas de planejamento de marketing digital e SEO, hoje fomos premiados pelo tuíte do @sheetsmarketer que fez o gigantesco trabalho de pesquisar e selecionar mais de 100 planilhas sobre o tema de marketing digital.

O autor criou uma seleção de planilhas categorizadas em:

  • Análise
  • Auditoria
  • Calculadoras
  • Pesquisa de Concorrência
  • Conteúdo
  • Pesquisa de Palavra-chave
  • Link Building
  • SEO On Page
  • Busca Paga
  • Gerenciamento de Projeto
  • Relatórios
  • Scraping
  • Redes Social
  • SEO Técnico
  • Outros

Nem todas planilhas são gratuitas. Algumas são pagas e precisam usar ferramentas conhecidas como o SEMrush, AHREFS, MOZ e Majestic.

E nem todas tem versão free ou trial. 🙁

Mas a vasta variedade de opções valem o investimento para nosso dia-a-dia.

Minha planilha de SEO preferida

Existem dezenas de planilhas para serem usadas no Google Spreadsheets – basta copiá-las para seu drive – e claro, não vi todas, ainda.

Mas a que eu vou usar, com certeza, é a RankTank.

ranktank planilha seo
Planilha RankTank v22

Ela faz o que promete: monitora o posicionamento na SERP de palavras-chave!

Isso para mim é ouro pois economiza muito o meu tempo de pesquisa.

E ai, curtiu esse novo mundo de planilhas para agilizar suas entregas, análises e performance?

Se sim, comente e compartilhe com seu time!

Google Search Console aparece nas páginas de resultados da busca

Logo do Google

Snapchat do Google Search Console aparece nas páginas de resultados da busca – SERP

O Google agora está mostrando a alguns usuários um instantâneo (snapchat) ou um breve painel de controle de suas métricas do Google Search Console diretamente nos resultados da pesquisa.

O Google agora está mostrando a alguns usuários um instantâneo (snapchat) ou um breve painel de controle de suas métricas do Google Search Console diretamente nos resultados da pesquisa.

Ou seja, se você for um usuário verificado do site no Google Search Console e seu site aparecer nos resultados da pesquisa para essa consulta.

Mas muitas pessoas estão vendo isso para muitas consultas classificadas por seus sites.

Isso esta totalmente implementado?

Isso não serve apenas para o nome do site ou para as consultas de marca, mas também para consultas mais genéricas, nas quais o site é retornado nos resultados da pesquisa.

Muitos estão relatando que estão vendo isso agora.

Como ele ainda não parece totalmente implementado, pode chegar a todos os usuários ou pode ser apenas um teste.

Não está claro neste momento.

Por que o Google está fazendo isso?

O Google esta tentando atingir mais pessoas para usar e fazer o check-in em seus sites no Google Search Console. Fale com seu consultor de SEO para entender melhor isso.

Isso me lembra os esforços do Google Meu Negócio.

Uma maior conscientização sobre a saúde do seu site nos resultados da pesquisa ajuda tanto o proprietário do site quanto o Google.

fonte: SEL

Você conseguiu ver seus dados do Google Search Console nas buscas?

Google 20 anos celebra com um novo Doodle

Google 20 anos

Google 20 anos: 20º aniversário com Doodle com 17 ovos de Páscoa

Hoje é o vigésimo aniversário do Google.

Sentindo-se velho?

Eu também, pois me lembro do dia que usei o Google pela primeira vez.

Trabalhava como webdesigner num banco de uma montadora alemã.

Doodle de 20º aniversário do Google

Para comemorar, saiu um vídeo na forma das buscas mais populares nas últimas duas décadas:

Inclui tudo, desde [o que é o Google] até [Plutão ainda é um planeta?] para [mostrar fotos de animais fofos].

Observe o tamanho do índice na versão de 1998 do Google no início do vídeo: “~ 25 milhões de páginas (que em breve serão muito maiores)”.

O índice do Google agora inclui mais de cem trilhões de páginas da web.

Ovos de Páscoa do Google Birthday

Há também 17 pesquisas no Google que acionam novos ovos de páscoa que dizem: “É 2018! Você quis dizer: xxx ”.

Por exemplo, pesquise por [googol] e o Google retorna: “É 2018! Você quis dizer: google ”.

A história ridiculamente breve do Google.

O Google foi concebido pelos co-fundadores Larry Page e Sergey Bring em 1995 na Universidade de Stanford.

A busca no Google certamente mudou muito desde que abriu as portas em Menlo Park, Califórnia, em setembro de 1998.

Aquela porta veio com um controle remoto, já que estava anexada à garagem de um amigo que sublocava espaço para a equipe de três pessoas da nova corporação.

O escritório oferecia várias grandes vantagens, incluindo uma lavadora e secadora e uma banheira de hidromassagem.

Você também pode verificar a garagem através do Google Street View aqui.

Em 1998, o Google estava oferecendo resultados para cerca de 10.000 consultas de pesquisa todos os dias.

Hoje, o Google está veiculando resultados para 40.000 consultas de pesquisa a cada segundo.

E hoje eu ganho a vida com isso.

Parabéns Google 20 anos!