Qualidade de conteúdo
Compartilhe!
  • 2
    Shares

Bomba! Google solta bomba sobre indicativos de qualidade

Google: Contagem de palavras, contagem de links, taxas de texto âncora não são indicativos de qualidade!

John Mueller, do Google, respondeu no Twitter dizendo que a contagem de palavras, número de backlinks, número de links externos, a porcentagem de texto âncora e assim por diante não é “indicativo de qualidade“.

Aqui está o tweet e a resposta de John.

indicativo de qualidade

Então, se nenhum deles é um indicador de qualidade, como o Google mede a qualidade?

Ou talvez John esteja dizendo que artigos com menos palavras ou menos links podem ter a mesma qualidade que o artigo acima?

Eu não acho que qualquer SEO concordaria com John que essas métricas específicas não são importantes na estratégia de SEO, pelo menos de alguma forma, elas devem ser usadas pelo algoritmo de classificação do Google para medir a qualidade e a relevância.

Os SEOs devem ficar obcecados com essas métricas?

Não.

Mas eles são indicativos de como o Google mede a qualidade?

Talvez?

Mas John está dizendo que não é.

E agora?

fonte: Seroundtable

2 Comments

  1. Faz todo o sentido dizer que Conteúdo focado no usuário é indicativo de qualidade.
    Antigamente eram só as palavras chave nas “meta keywords” e tava feita a mágica.
    Com o passar do tempo, a linguística computacional foi evoluindo e isso é bom.
    A grande questão é se estamos a um passo da evolução das máquinas beirando a realidades ficcionais encenadas nos filmes “Exterminador do Futuro” ?
    Creio que não, mas é um fato a observar.

    Abraços e boas indicações de reflexão.
    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *