Blog

9 coisas que só os experts sabem sobre o Brave

Brave

9 coisas que só os experts sabem sobre o Brave

O que é Brave?

O Brave é um navegador mais ou menos padrão que permite aos usuários navegar em sites, executar aplicativos da Web e exibir ou reproduzir conteúdo online.

Como outros navegadores, é gratuito para baixar e usar, lembra as informações de autenticação do site e pode impedir a exibição de anúncios online nos sites.

Seu criador, a Brave Software, é relativamente nova nas batalhas de navegadores, tendo lançado o navegador pela primeira vez em janeiro de 2016.

A empresa foi co-fundada por Brendan Eich, criador do JavaScript e co-fundador da Mozilla, depois que saiu o fornecedor de navegadores sob pressão por apoiar a Proposição 8 da Califórnia em 2008, uma medida de votação que proibia o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Onde eu baixo o navegador Brave?

O Brave pode ser baixado desta página do site da Brave Software.

A página deve reconhecer automaticamente o sistema operacional do dispositivo e oferecer a versão apropriada.

Caso contrário, selecione uma das opções na parte inferior da página:

  • Windows x86 ou Windows x64,
  • Windows 7 ou posterior;
  • macOS 10.9 ou posterior;
  • ou Linux x64 para Debian, Fedora, Ming, openSUSE e Ubuntu.

As versões móveis do navegador Brave (para iOS e Android) estão disponíveis na App Store e no Google Play, respectivamente.

Brave como ganhar dinheiro com o navegador (bat)?

A base da economia do Brave se chama “Tokens de Atenção Básica” ou BATs, que possuem um valor derivado de uma moeda cibernética.

Esses tokens serão concedidos com base na atenção do usuário ou, mais claramente, no tempo gasto na visualização de anúncios e conteúdo.

Usuários corajosos que concordarem em receber anúncios serão recompensados com BATs; os tokens podem ser transmitidos aos editores como suporte para seus sites.

Como alternativa, o Brave prevê que os usuários negociem seus tokens por conteúdo premium ou recursos avançados do site.

Os testadores voluntários agora estão recebendo anúncios, embora não esteja claro quando o Brave começará a veicular anúncios para todos os usuários que optarem por participar ou quando a parte do processo de troca de BATs estará pronta.

Em 23 de julho, um único MTD valia cerca de 34 centavos, acima dos 25 centavos de dólar do mês anterior, mas ainda significativamente abaixo do valor máximo de 86 centavos em janeiro

Qual a diferença do Brave para os outros navegadores?

O que diferencia o Brave é sua agressiva atitude anti-anúncio.

Brave anti ads
Brave anti ads

O navegador foi criado para remover anúncios on-line de sites e o modelo de negócios de seu fabricante depende não apenas do bloqueio de anúncios, mas também da substituição dos anúncios riscados por anúncios de sua própria rede.

É como se uma nova rede de TV anunciasse que usaria a tecnologia para remover anúncios de programas de outras redes, depois retransmitisse esses programas com anúncios de sua própria criação, anúncios que vendia.

O Brave também elimina todos os rastreadores de anúncios, os pequenos componentes de página que os anunciantes e os editores do site implantam para identificar os usuários, para que eles saibam quais outros sites esses usuários visitam ou visitaram.

Os rastreadores são usados pelas redes de publicidade para mostrar produtos semelhantes aos adquiridos, ou apenas considerados, levando ao meme de ver persistentemente o mesmo anúncio, independentemente de onde se navega.

Brave bloqueia anúncios na busca do Google?

Não.

O Brave não indica isso, incluindo os onipresentes anúncios do AdWords nos resultados do Google (O Google em breve renomeará o Google AdWords como “Google Ads”.)

Isso não é surpresa: as extensões de bloqueio de anúncios também não impedem os anúncios da Rede de Pesquisa.

O que há sob o capô de Brave?

O Brave se baseia no Chromium, o projeto de código aberto que o Google e outros mantêm (O Google usa o Chromium para fornecer o código-fonte para o navegador Chrome).

As tecnologias de back-end que alimentam o Chrome – incluindo o mecanismo de renderização Blink e o mecanismo JavaScript V8 – também alimentam o Brave.

No iOS, o Brave conta com o WebKit, a base de código aberto que também alimenta o navegador Safari da Apple.

O WebKit é necessário como espinha dorsal de qualquer navegador de terceiros enviado à App Store da Apple.

Outros navegadores que dependem do Chromium incluem o Opera e o Qihoo 360, um dos navegadores chineses mais populares.

O Brave pode executar as extensões do Chrome?

Alguns foram preparados para uso no Brave, mas apenas alguns.

Eles incluem complementos para vários gerenciadores de senhas de terceiros – 1Password, Bitwarden, Dashlane e LastPass -, além de outros que exibem PDFs no navegador e salvam o conteúdo no Pocket para leitura posterior.

A lista de complementos compatíveis pode ser encontrada no navegador, escolhendo “Extensões” no menu Janela.

Mas eu pesquisei pelas extensões mais usadas do Chrome na loja e instalei normalmente no Brave. Teste!

Por velocidade e privacidade, o que torna o Brave especial?

Boa pergunta.

É verdade que alguns dos quatro grandes navegadores bloqueiam anúncios ou pelo menos alguns – o Chrome bloqueia apenas os que considera mais chatos e irritantes, o Firefox da Mozilla exibirá um bloqueador de anúncios antes do final do ano, mas não está claro o que esse bloqueador fará.

Mas ninguém faz as duas coisas e ninguém vai tão longe quanto Bravo.

O único rival real nesse sentido é o Epic, outro navegador de nicho.

Quantas pessoas estão usando o Brave?

De acordo com o último anúncio da Brave, o navegador tinha mais de 3,1 milhões de usuários ativos mensais a partir de 1º de julho.

A empresa acrescentou que, no seu ritmo atual, atingiria a marca de 5 milhões antes do final do ano.

Compare isso com a estimativa atual da Computerworld dos 72 milhões de usuários que executaram o Microsoft’s Edge no mês passado (essa estimativa foi baseada nos dados da Net Applications para o compartilhamento de navegador do Edge, o compartilhamento do Edge de todos os navegadores no Windows e os aproximadamente 1,5 bilhões de computadores pessoais executando o Windows em todo o mundo).

Google descontinua a versão clássica do YouTube no computador

Youtube

O Google planeja descontinuar a interface de área de trabalho mais antiga do YouTube a partir de março de 2020, quase três anos após a introdução da nova versão.

Em agosto de 2017, o YouTube no computador foi revisado com uma interface baseada em design de material.

Até agora, os usuários ainda tinham a opção de alternar entre o design antigo e o novo.

O YouTube introduziu muitos recursos novos nos últimos anos, os quais não estão disponíveis na versão mais antiga para computadores.

Por isso, o Google decidiu parar de oferecer a versão desatualizada do YouTube.

A partir do próximo mês, os usuários poderão acessar apenas a versão atual do YouTube.

Aqueles que ainda estão usando a interface antiga começarão a receber notificações, aconselhando-os a mudar para o novo YouTube.

O Google observa que os usuários podem precisar atualizar seu navegador se ele não for compatível com a versão mais recente do YouTube.

A notificação acima mencionada informará se esse é o caso.

Nova interface da área de trabalho do Youtube

youtube-screenshot
Youtube Clássico

O YouTube introduziu uma nova interface de desktop em 2017, que também foi a época em que lançou um novo logotipo.

Outras mudanças notáveis na interface incluem um design de material “limpo” e recursos como o modo escuro.

Desde então, o YouTube trouxe vários novos recursos para a área de trabalho, como transmissão ao vivo, melhor suporte para vídeos verticais e mais uma atualização em 2019.

Escusado será dizer que a versão antiga do YouTube já passou do seu auge.

Agora é a hora de fazer a troca, se você ainda não o fez.

Saiba mais sobre otimização de sites e aumente o tráfego pro seu site!

Pesquisa por voz

Pesquisa por Voz

Pesquisa por voz é aquele: “Ok, Google!” ou “Hey Google!

Os usuários de Android podem falar com ele e isso é mais comum do que imaginamos.

E assim acionamos o famoso Google Assistente.

Não vemos ainda muitas pessoas falando sozinhos pela rua – em São Paulo é pedir para ser assaltado na hora – com seus smartphones procurando coisas, abrindo aplicativos ou simplesmente – acreditem – fazer ligações telefônicas.

E além do Google, temos o Siri (Apple) e Cortana (Microsoft)!

Agora imagem você entrar na sua sala, e falar em tom alto para ligar o som ou a tv?

Sim, isso é possível graças a produtos inteligentes com esta tecnologia.

Aliás, outro dia, tive que re-instalar o Windows 10 (quem nunca faz isso umas 2 vezes por ano né?) e surgiu a opção de instalação por voz!

Nada de digitar!

Fiquei espantado com a facilidade de uso.

Mas a pesquisa por voz tem futuro?

Segue algumas previsões e estimativas sobre a pesquisa por voz no mundo.

Lembre-se, estamos em 2018 já.

  • “50% de todas as pesquisas serão por voz em 2020”, de acordo com a Comscore 
  • “30% das pesquisas serão feitas sem uma tela até 2020.”, via Mediapos
  • “Estimamos 21 bilhões de caixas de som inteligentes nos EUA até 2020” de acordo com a Activate

O que você acha agora?

Vantagens da Pesquisa por Voz

1 – Pesquisas de difícil escrita
Facilita e agiliza a pesquisa de palavras que você não tem certeza como se escrevem.

2 – Pesquisas mais longas
Pesquise por voz as consultas longas, as muito longas, até as muito muito longas.

3 – Pesquisas que simplesmente são mais divertidas de realizar em voz alta
Agora você já pode perguntar qualquer coisa ao seu computador.

4 – Pesquisar sem digitar
Use na cozinha, na garagem ou sempre que você estiver com as mãos ocupadas.

Como usar a Pesquisa por Voz

Cada solução tem sua particularidade. Um vídeo bem legal e que mostra as facilidades da pesquisa por voz.

Ativar “Ok Google”

  1. Certifique-se de que você tenha a versão mais recente do Google app. Para fazer o download da versão mais recente, acesse a página do Google app na Play Store e toque em Atualizar.
  2. Abra o Google app Pesquisa Google.
  3. No canto inferior direito, toque em Menu Menu depois Configurações.
  4. Toque em Voz depois Voice Match.
  5. Ative a opção “A partir do Google app”.

Em alguns dispositivos, também é possível alterar algumas configurações para ativar a detecção de “Ok Google” fora do Google app:

  1. Ative a opção “De qualquer tela” ou “Sempre ativada”.
  2. Siga as instruções para ensinar o Google a reconhecer sua voz.
    Observação: não há suporte para a opção “Sempre ativada” em todos os idiomas. Se você não conseguir ativar esse recurso, é possível que seu idioma não seja compatível.

A configuração “De qualquer tela” pode impedir que outros serviços de voz que usam hotwords ou comandos de ativação funcionem.

Por exemplo, se você tem um Samsung S6 e ativa o S-Voice para usar o comando de ativação “Hi Galaxy”, ele pode não funcionar se a opção “De qualquer tela” está ativada.

Mais detalhes sobre esse processo você pode ter no site Oficial do Google.

Como otimizar seu site para a Pesquisa por voz

Se estamos pensando em responder aos usuários por uma pesquisa por voz, temos que pensar em COMO as pessoas fazem suas perguntas

Claro, que estou falando da estratégia de long-tail para SEO.

Precisamos responder – numa página – como seria a melhor resposta para uma pergunta e não pra um termo único e isolado.

Algo como:

Como consertar um notebook que caiu café no teclado?”

Não quero apenas ser a melhor resposta para esta pergunta, mas sim, ser a reposta mais próxima de uma pergunta real e não apenas para usar uma palavra-chave com milhares de pesquisas mensais.

Vou resumir o belo artigo do Neil Patel sobre …

Dicas de otimização para pesquisa por voz

  1. Utilize dados estruturados
  2. Entre na lista do Google Meu Negócio
  3. Seja compatível com mobile
  4. Crie postagens de blog que respondam as perguntas dos clientes

Pronto!

Economizamos 30 minutos de leitura em alguns segundos. 🙂

Mas de nada servirá isso tudo se seu site não for compatível ao ambiente mobile.

Como ativar o OK Google no celular?

  • Abra o Google app
  • No canto inferior direito, toque em Menu Configurações.
  • “Toque em Voz Detecção de “”Ok Google””.”
  • “Desative as opções “”Sempre ativada”” ou “”De qualquer tela””.”
  • Certifique-se de que você tenha a versão mais recente do Google app.
  • Abra o Google app .
  • No canto inferior direito, toque em Menu Configurações.
  • Toque em Voz Voice Match.
  • “Ative a opção “”A partir do Google app””.”

Mobile First!

O Google cansou de avisar que o mundo esta virando para ambiente mobile.

Seu site deve ser responsivo ou preparado para mobile.

Teste seu site na ferramenta Think With Google e entenda o quanto esta perdendo em tráfego.

Menos tráfego, mais prejuízo.

E se seu site já responsivo, teste-o na ferramenta Winning On Mobile do Google.

Winning on mobile Google

Conclusão sobre Pesquisa por Voz

Estamos na era digital em que tudo é focado em vídeos, dados e compartilhamentos que não nos deixa “presos” por linhas e cabos.

Sua voz tem poder como nunca teve!

Comece a pensar nas pessoas que usam estes produtos inteligentes e por voz.

Eles serão seus fiéis clientes em um dia próximo; por isso saiba bem o que é SEO!

Quero saber a sua opinião.

Comente e compartilhe no Google+ este artigo, ok? 😀

 

Referências para Pesquisa por Voz

PDF:
https://offers.yext.com/hubfs/VoiceSearch.pdf?t=1521570493784

Sites:
https://edit.co.uk/blog/google-voice-search-stats-growth-trends/

https://marketingdeconteudo.com/pesquisa-por-voz

Keywords Everywhere agora é pago. Conheça o seu substituto

Keywords Everywhere

Quem usava a extensão Keywords Everywhere descobriu que ele virou uma extensão paga.

E no que ele ajudava a gente mesmo?

Keywords Everywhere e o volume de buscas

A extensão do navegador Google Chrome, depois de instalado, mostrava:

  • volume de buscas do termo
  • volume de buscas de termos relacionados
  • Custo por clique (CPC)
  • lista de termos que outros usuários também pesquisavam, relacionado ao termo principal

Ele era uma mão-na-roda, apesar de ter um único probleminha: não mostrava o volume do mercado brasileiro.

Tínhamos que nos contentar com o volume de buscas do mercado americano.

Mas o que podia piorar?

Keywords Everywhere passou a ser pago

Isso mesmo!

A extensão passou a ser paga e por um custo mensal de dez dólares, no mínimo.

Tristeza com o Keywords Everywhere
Tristeza. Snif!

Alternativa ao Keywords Everywhere

Ai, passei a usar diariamente o Ubersuggest do Neil Patel para saber o volume de buscas.

Isso não era tão prático, mas era o que poderia ser feito, sem pagar nada por isso.

Até que o colega Rodrigo Filardi deu a dica máxima no LinkedIn: uma nova extensão que faz o mesmo que o Keywords Everywhere… e de graça!

Conheçam o…

Keyword Surfer

Uma extensão para Google Chrome, que faz o mesmo que o Keywords Everywhere, mas com uma diferença enorme: mostra o volume de busca do mercado brasileiro!

Keyword Surfer extension é de graça!

Baixe o Keyword Surfer na loja de extensões do Chrome.

Quais as vantagens?

  • Volume de Busca Brasileiro
  • Termos Similares
  • Termos Relacionados
  • Número de Backlinks do Domínio
  • Tráfego mensal do Domínio

Keyword Surfer

Vamos testar essa extensão agora!

Depois me diz se curtiu, ok?

Novos atributos de links: NOFOLLOW, SPONSORED e UGC

Atributos de Links

Conheça os novos atributos de links que o Google liberou esta semana.

Nós só usávamos o atributo no-follow nos links.

Até agora.

O Google liberou dia 10 passado, novos atributos de links além do no-follow: o “sponsored” e o “ucg“.

Veja as novas maneiras de identificar a natureza dos links que o Google acaba de postar.

Atributo rel=”sponsored”

Use o atributo Sponsored para identificar links em seu site que foram criados como parte de anúncios, patrocínios ou outros acordos de compensação.

Atributo rel=”ugc”

Significa “Conteúdo gerado pelo usuário”, e o valor do atributo ugc é recomendado para links dentro do conteúdo gerado pelo usuário, como comentários e postagens no fórum.

E o já conhecido atributo rel=”nofollow”

Use esse atributo para os casos em que você deseja vincular a uma página, mas não implica nenhum tipo de endosso, incluindo a transferência de crédito de classificação para outra página.

Veja a tabela baixo, tirada do site da MOZ:

tabela atributos de links

E ai?

Curtiu os novos atributos de links e já vai sair mudando seus links?

Eu não vou fazer isso, por enquanto.

Já li no Twitter, que o WordPress irá acrescentar esses novos atributos em uma novo update.