Blog

Lazy Load no WordPress: como deixar seu site mais rápido

lazy loading

As maravilhas do plugin BJ Lazy Load no WordPress vai deixar seu site mais rápido. Confira!

Sou louco em SEO técnico e mais ainda quando preciso arrumar formas de melhorar a performance do site.

O Google quer um site com resposta ágil a fim de entregar para sue usuário a melhor experiência.

E não tem jeito, em tempos de mobile first, o tempo de carregamento é um ponto crucial para nosso tráfego orgânico de origem móvel.

No Linkedin, eu me deparei com um post de um gringo falando de otimizar sites em WordPress com plugins de lazy load.

Mas, o que raios é isso?

O que é Lazy Load?

Como isso funciona?

Lazy loading é uma técnica de otimização que carrega conteúdo visível, mas retarda o download e renderização de conteúdo que aparece abaixo da dobra de página.

Jon Pen

Ou seja, por quê o navegador deve baixar imagens ou vídeos de uma página, tudo de uma vez, se eu ainda estou lendo a parte superior da página?

Qual a necessidade de gastar banda – do leitor e do seu servidor – à toa?

Pensando nisso, eu coloquei no meu site o plugin BJ Lazy Load para WordPress.

No começo era assim:

Eu já achava minha home rápida, conforme tabela do Pingdom abaixo:

lazy load Pingdom
Status inicial
lazy load Pingdom 2
Status inicial

Viram?

Mesmo com uma página com 446kb, onde 41% destes eram de imagens, instalei o plugin BJ Lazy Load.

Não mexi em alteração alguma do plugin. Tudo no modo padrão dele.

Agora, voltei ao Pingdom e refiz a análise. Temos abaixo:

Status Final
Lazy Load 6

Viram?

  • de 3,82 segundos de download, baixei para 2,32 segundos;
  • de 436 kb para 408 kb de conteúdo total da página;
  • em alguns casos, o número de requisições pode cair também.

Resumindo

Com poucos cliques, conseguimos uma melhora de performance considerável.

Então instale o BJ Lazy Load e não esqueça de mandar re-indexar o seu site no Googler Search Console depois.

Como criar artigos originais para seu Blog

Como criar artigos

Você sabe como criar artigos novos e únicos para seu blog? Vamos mostrar uma fonte ótima!

Hoje, me perguntaram:

Maudy, onde eu consigo novos assuntos pro meu blog? Já escrevi tudo que eu acho significante pro meu segmento. Me ajuda?

cliente

Como todos sabem, no SEO, uma das bases mais forte no ranqueamento no Google é ter um conteúdo único, original, útil e claro que responda a uma pergunta.

E mesmo que você tenha escrito mais de 30 artigos, chega num momento em que você para e descobre que não tem mais ideias para novos artigos.

O que fazer?

Escreva novos artigos pensando no seu leitor

O Google espera de um site que o conteúdo que seja útil.

O seu leitor espera isso quando faz uma pesquisa no motor de busca, como o Google ou Bing (você ainda usa o Bing?).

Escrever artigos longos (com mais de 2.000 palavras) e que não atenda a uma pesquisa não adianta.

Perda de tempo.

Então, quando chego neste estágio, eu uso o concorrente do Google.

Sim, um concorrente. Mas qual?

Como criar artigos novos usando o Yahoo! Respostas

Yahoo! Respostas

Como escrever artigos novos usando o concorrente do Google

No site do Yahoo! Respostas, usuários fazem as mais malucas perguntas esperando as mais malucas respostas.

Mas muitas delas, são sérias.

Então, no exemplo acima, eu digitei:

consórcio

Pronto, o sistema me mostra as perguntas mais relevantes para minha pesquisa inicial e agora ficou fácil!

Estas perguntas são dos usuários do Yahoo! e para mim, são como ouro, pois eu poderei saber o que eles precisam e assim, respondê-los com artigos “frescos” e relevantes.

O que você achou? Curtiu esta ferramenta para achar como criar artigos novos para seu e-commerce, blog ou site institucional?

Quantas tag H1 posso usar numa página?

curso de seo

Vamos conhecer o poder da tag H1 em uma página e descobrir finalmente se podemos usar somente uma vez ou não. Confira!

No Linkedin, me perguntaram quantas vezes tenho que usar a tag H1 numa página, para que seja eficiente meu SEO Score?

Eu sempre segui a regra de usar apenas uma única vez a tag H1 em uma página.

Eu via nisso a relevância que precisava entregar ao Google (e aos outros buscadores) o que eu relamente estava falando naquela página.

Mas não fiquei satisfeito em responder assim, sem antes fazer uma pesquisa mais aprofundada.

E descobri algo incrível sobre a tag H1.

Mas o que é a tag H1?

Preste atenção nesta citação:

As Heading Tags (H1, H2, H3, …) são recursos de programação HTML utilizados para destacar títulos e sub-títulos de uma página.

H1 é a abreviação do inglês para Header 1, ou Cabeçalho 1, logo, o mais importante dos Headers.

Conceitualmente, o H1 possui um destaque maior, uma fonte maior, e é geralmente o elemento de texto mais visível da página.

Assim como nos negritos de uma página e o Title, a tag H1 é um importante elemento que o Google utiliza para determinar o principal assunto abordado em uma página, visto que o título de uma página conceitualmente define seu conteúdo.

fonte

Ok! Agora sabemos a importância da tag.

Mas podemos usá-la quantas vezes numa mesma página?

Eu posso aumentar o SEO SCORE dela, inserindo muitas tags H1 ou ser penalizado por isso, caindo de posições na SERP?

O que diz o Google sobre o uso da Tag H1

John Muller (sempre ele), engenheiro do Google, fez um vídeo sobre este tema que explodiu minha mente.

Confira:

Ou seja, use quantas tags H1 quiser, em um documento HTML5.

E convenhamos, a maioria dos sites hoje são feitos em HTML5. Pelo menos os sites mais modernos.

Como criar tags h1 que funcionam:

  1. Use apenas uma h1 (se sua página não for em HTML5);
  2. Sua h1 deve descrever o tópico da página;
  3. Coloque a sua h1 em destaque;
  4. Crie h1s para que o usuário tenha uma boa experiência;
  5. Use uma palavra-chave long-tail e concentrada em sua h1;
  6. Corresponda à intenção do usuário com a sua h1;
  7. Se usar tag em uma imagem (logo do site, por exemplo), coloque a palavra-chave no atributo ALT TEXT;
  8. Concentre sua tag em até 70 caracteres e não abuse do uso da palavra-chave;

Conclusão

Na minha opinião, sou mais old school quanto a isso.

Não curto a ideia de usar muitas tags H1 em uma única página.

Eu gosto de controlar o uso das tags, o uso das palavras-chave nelas, mensurar resultados de forma mais clara e simples.

Para quê complicar?

Enfim, agora é contigo!

SEO é feito de testes.

Pegue uma página e insira mais tags h1 e veja o comportamento dela na SERP por alguns dias. Na dúvida, contrate um consultor SEO.

SEO SPAM? Ignore-os, diz Google

SEO SPAM

John Mueller, do Google, disse que você pode ignorar as ameaças negativas de SEO, ataques, chantagens e outras tentativas de fazê-lo fazer algo que você não quer fazer.

SEO Negativo
SEO SPAM ou SEO Negativo

E ai, cair de posicionamento

Ele foi perguntado por um usuário no Twitter:

Como podemos estar seguros de SEO SPAM (negativo), como CTR Attack & Bounce Attack?

John simplesmente respondeu assim no Twitter:

“Você pode simplesmente ignorá-lo”.

John Muller do Google, via Twitter

SEO SPAM tem sido uma coisa para as idades e golpistas e similares têm vindo a usá-lo há anos.

Matt Cutts, em 2013, abordou a questão e está em discussão desde então.

O Google vem dizendo para não prestar atenção nestas ameaças por anos.

Se você está realmente esta preocupado, quando se trata de links, simplesmente rejeite-os via Google Search Console.

Mas no geral, o Google disse que o SEO SPAM é uma perda de tempo – por isso, não se preocupe.

Você acredita ou tem dúvidas? Comente com a gente.

Google repete: não se preocupe com palavras-chave na URL

Google diz para não se preocupar com palavras-chave nas URL's

Google diz para não se preocupar com palavras-chave nas URL’s, afinal os usuários não veem.

Por esta você não esperava.

John Mueller do Google repetiu dizendo para não se preocupar com palavras ou palavras-chave nos URLs.

John respondeu a uma pergunta recente no Twitter dizendo:

“Eu não me preocuparia com palavras-chave ou palavras em um URL. Em muitos casos, as URLs não são vistos pelos usuários de qualquer maneira.”

Johm Mueller

Ele faz referência ao vídeo de Matt Cutts de 2009, onde diz que as palavras-chave desempenham um papel pequeno no ranking, mas muito pequeno.

Em 2017, John Mueller disse que as palavras-chave, em URLs, ganham importância demais e que é um pequeno fator de classificação.

E o que você acha disso, SEO?

Você importância para suas URL’s colocando a palavra-chave em todas, super-otimizando-a?