Como diminuir a taxa de rejeição do site com 10 dicas incríveis!

Você quer saber como diminuir a taca de rejeição do site e aumentar as visualizações do seu site?

Então você chegou no lugar correto!

Usuários que navegam mais nas suas páginas, que preenchem seus formulários, deixam comentários e compartilham seu conteúdo na internet é o melhor dos mundos.

Vou listar aqui as melhoras dicas de como diminuir a taxa de rejeição do seu site.

O que é taxa de rejeição (bounce rate)?

A taxa de rejeição é a porcentagem de visitantes que chegam ao seu site e saem sem continuar para uma segunda página.

Uma alta taxa de rejeição significa que você não conseguiu convencer um visitante a permanecer em sua página e no seu site.

O usuário pode gerar rejeição de algumas formas:

  • clicando no botão de “voltar” do navegador;
  • digitando uma nova URL;
  • fechando a janela ou aba da página;
  • time out de sessão (erros da hospedagem).

Mas devemos entender que existe uma boa taxa de rejeição também.

Isso ocorre quando os usuários encontram o que estavam procurando na sua página, interagiram por algum tempo e saíram da página.

Qual é a melhor taxa de rejeição do meu site?

A taxa de rejeição depende muito de cada segmento e isso pode variar bastante.

Mas qual é a média de melhores taxas de rejeição?

  • acima de 80%, é muito ruim;
  • entre 70% a 80%, é pobre;
  • entre 50% e 70%, é bom;
  • entre 30% e 50%, é ótimo;
  • abaixo de 20%, geralmente, é erro de rastreamento e tags mal instaladas no site.

Mas como, disse, devemos analisar cada site antes de sairmos julgando se estamos ruins ou não, pois sites de notícias, a tendência é ter uma rejeição alta, por exemplo.

Mas porque a taxa de rejeição pode ser alta?

Existem algumas razões, algumas óbvias, da taxa ser alta. Veremos algumas:

  • o site é muito lento;
  • seus visitantes não conseguem navegar pelo site;
  • seu design é ruim;
  • não tem CTAs (call to action) claros e objetivos.

Vamos entender mais sobre esses cenários acima.

1 – Deixe seu site rápido

Não tem outro motivo mais forte para você sair de um site, e nunca mais voltar, do que um site lento.

O Google sempre dará mais relevância para sites com performances mais ágeis em busca da melhor experiência ao usuário.

Você sabe que navegar por sites lentos deixam essa experiência ruim então você precisa entender que a performance é um fator de ranqueamento desde 2018.

O mundo esta navegando pelo ambiente mobile (smartphone e tablets).

As conexões não são maravilhosas e seu público aumenta todo ano, ainda mais nas classes mais baixas.

Por isso, você precisa testar seu site em sites como o Gtmetrix ou o PageSpeed Insights, que são ferramentas online gratuitas que vão te mostrar a velocidade e muitos dados de otimização que precisa ser levado a sério.

Faça a verificação semanalmente acompanhando a evolução das ações de melhorias técnicas que implantou.

2 – Melhore sua barra de navegação

A barra de navegação principal do seu site é essencial para ajudar ao usuário a encontrar seu conteúdo.

Ela precisa ser simples, objetiva e acessível.

No ambiente mobile, a versão do menu deve ser muito acessível ao toque na tela.

O Google exige, como melhor prática, que o espaçamento entre os itens do menu sejam de no mínimo 48px para que os usuários possam tocar na tela, sem encostar no item ao lado, sem querer.

E por mais óbvio que seja, não se esqueça de inserir as palavras-chave no menu de navegação, quando possível.

3 – Linkagem Interna

Ter links internos para páginas que você deseja aumentar a autoridade e relevância (landing pages, por exemplo) é essencial para aumentar o SEO Score, além de ajudar a aumentar a permanência dos usuários no site.

Eu recomendo usar o plugin Internal Links Manager para WordPress.

Internal Links Manager ajuda a como diminuir a taxa de rejeição do site
Internal Links Manager ajuda a como diminuir a taxa de rejeição do site

Ele automatiza o processo e te ajuda a mensurar cliques e resultados.

Basta adicionar sua lista de termos principais e indicar qual página você quer direcionar o termo. O plugin entende isso e toda vez que você escrever o termo da lista, o link é criado automaticamente.

4 – Sistema de busca interna ajuda a diminuir a taxa de rejeição

Responda com sinceridade para algumas destas perguntas:

  • O sistema de busca interna do seu site é fácil de encontrar na página?
  • Ele é lento?
  • Entrega as melhores respostas das buscas?
  • Ele é tem filtros personalizáveis?

Se respondeu sim, parabéns!

Se respondeu não, você acabou de entender como o seu usuário deve sofrer para achar o conteúdo que mais interessa.

Foque na acessibilidade e na performance do campo de busca interna.

Faça um teste simples: troque o ícone atual do campo de busca pela palavra “busca e deixe rolar alguns dias. Avalie se essa mudança reteu mais a permanência dos clientes.

Testes simples como este mostra o quanto achamos que o cliente já sabe tudo do nosso site. O mais simples e básico é o que todos querem. E você quer vender mais não?

5 – Todos os Links externos em aba/janela nova

Esta ação é tão simples e rápida que dá vergonha nunca ter pensado nisso antes né?

Coloque o atributo target=_blank nos links externos (links para sites fora de seu domínio) e deixe o usuário administrar se quer fechar aba/janela de seu site. Dê essa opção!

O que mais vemos são os links para sites das redes sociais do site (Facebook, Instagram, Youtube, etc.) e que estamos, praticamente, expulsando nossos usuários de nosso domínio.

Além de diminuir a taxa de rejeição do site esta ação aumenta o SEO (mas não se esqueça de adicionar o famoso no-follow nestes links, para não compartilhar a nossa autoridade).

6 – Adicione Postagens Relacionadas ou Populares

Uma forma visual de aumentar o engajamento é inserir abaixo do conteúdo principal do artigo a área de posts relacionados ou populares.

É uma forma visual de mostrar ao usuário que temos outros assuntos relacionados ao tema principal e assim gerar maior interesse dele, eventualmente, clicar e navegar mais pelo site.

Existem dezenas de plugins no Worpdress que fazem isso. Procure e teste.

7 – Adicione Galerias de Imagens e Vídeos

Vídeo embutido na página
Como diminuir a taxa de rejeição do site com Vídeo embutido na página

Outra forma de gerar mais atenção e permanência dos usuários no seu site é incluir uma galeria de imagens (produtos, celebridades, serviços, ambientes aconchegantes, etc.) que façam o leitor clicar nas setas direcionais (desktop) ou passar os dedos na tela (touch) nos smartphones/tablets.

O mesmo serve quando inserimos um vídeo (Youtube, Vimeo, Dailymotion) na página.

Aviso: é com ficar sabendo que quando inserimos esse tipo de rich media acaba impactando a performance da página, deixando-a mais pesada. Fique atento!

8 – Legibilidade

Se você esta lendo este artigo e não sentiu vontade de chutar o monitor ou jogar o celular na parede por não achar o que mais te interessa é porque a legibilidade esta ok!

O que é legibilidade?

A legibilidade é uma qualidade que determina a facilidade de leitura de alguma coisa. Em tipografia, a legibilidade é a qualidade tipográfica de um texto que determina a sua facilidade de leitura.

Devemos ajudar o leitor a encontrar e entender o conteúdo.

E como podemos fazer isso?

  1. escreva o artigo como seu leitor tivesse 11 anos de idade;
  2. ter muitos intertítulos ou cabeçalhos dividindo os temas do artigo;
  3. fontes de tamanho mínimo de 16px;
  4. fontes com alto-contraste de cor (preto no branco);
  5. frases curtas e objetivas;
  6. parágrafos de até 4 linhas;
  7. ilustre os temas com imagens (fotos ou prints);
  8. espaçamento entre parágrafos e linhas influem muito;
  9. uma tabela de conteúdo no início do artigo ajuda o leitor e o Google;
  10. use fonte padrão do sistema (não use fontes do Google, que apesar de lindas, deixa seu site lento);
  11. nunca justifique seus parágrafos.
  12. use listas (como esta);
  13. escreva o artigo no tom informal e de conversa, pois gera empatia e interesse.

9 – Otimize seu site para mobile

Mais da metade de todo o tráfego mundial é de mobile (smartphones/tablets) e precisamos aprender a como diminuir a taxa de rejeição neste ambiente competitivo.

Esquece o ambiente desktop! Isso já era.

Seu site deve ser pronto para uso nos celulares.

Ele deve ser:

  • responsivo,
  • ter imagens de qualidade (1200px de largura),
  • hospedado num servidor rápido,
  • usar um tema de WordPress com código limpo,
  • nada de banners que cubra o conteúdo textual do artigo,
  • equilíbrio entre anúncios e performance, pois quanto mais anunciantes, mais pesada ficará sua página.

10 – Mostre que você está vendendo algo

Não confunda o cliente!

Seus botões ou CTA’s (call to actions) devem ser claros, objetivos e simples!

Você quer vender e o cliente quer comprar, por isso, não confunda-o com textos confusos ou cores pouco atrativas.

O botão deve ser chamativo e sincero: COMPRE AQUI e você pode testar as cores dos botões que chamem mais a atenção do cliente. Nem sempre a cor padrão é a melhor.

Se for usar imagens dos produtos, elas devem focar somente no produto.

Nada de fundo (background) colorido ou poluído e textos na imagem.

Quanto mais limpo o layout, mais fácil será pro cliente vai compreender sua jornada e não irá distraí-lo.

Dica: nada de letrinhas miúdas nos campos de prazo de entrega, frete ou regras de compra dos produtos. Os clientes fogem de páginas que não se sintam confortáveis.

Conclusão

Aprender a como diminuir a taxa de rejeição é isso é muito mais amigos(as)!

Otimizar um site com o objetivo de ser a melhor resposta para seu cliente, demanda investimento de aprendizagem em SEO, CRO e UX.

Recomendo um curso de SEO ou contratar um Consultor de SEO.

Se você curtiu esse artigo que fiz com muito carinho, compartilhe com seu time, amigos ou rede social preferida!

Abraços e até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *