Google 20 anos celebra com um novo Doodle

Google 20 anos

Google 20 anos: 20º aniversário com Doodle com 17 ovos de Páscoa

Hoje é o vigésimo aniversário do Google.

Sentindo-se velho?

Eu também, pois me lembro do dia que usei o Google pela primeira vez.

Trabalhava como webdesigner num banco de uma montadora alemã.

Doodle de 20º aniversário do Google

Para comemorar, saiu um vídeo na forma das buscas mais populares nas últimas duas décadas:

Inclui tudo, desde [o que é o Google] até [Plutão ainda é um planeta?] para [mostrar fotos de animais fofos].

Observe o tamanho do índice na versão de 1998 do Google no início do vídeo: “~ 25 milhões de páginas (que em breve serão muito maiores)”.

O índice do Google agora inclui mais de cem trilhões de páginas da web.

Ovos de Páscoa do Google Birthday

Há também 17 pesquisas no Google que acionam novos ovos de páscoa que dizem: “É 2018! Você quis dizer: xxx ”.

Por exemplo, pesquise por [googol] e o Google retorna: “É 2018! Você quis dizer: google ”.

A história ridiculamente breve do Google.

O Google foi concebido pelos co-fundadores Larry Page e Sergey Bring em 1995 na Universidade de Stanford.

A busca no Google certamente mudou muito desde que abriu as portas em Menlo Park, Califórnia, em setembro de 1998.

Aquela porta veio com um controle remoto, já que estava anexada à garagem de um amigo que sublocava espaço para a equipe de três pessoas da nova corporação.

O escritório oferecia várias grandes vantagens, incluindo uma lavadora e secadora e uma banheira de hidromassagem.

Você também pode verificar a garagem através do Google Street View aqui.

Em 1998, o Google estava oferecendo resultados para cerca de 10.000 consultas de pesquisa todos os dias.

Hoje, o Google está veiculando resultados para 40.000 consultas de pesquisa a cada segundo.

E hoje eu ganho a vida com isso.

Parabéns Google 20 anos!

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

O Google Chrome 69 chegou com novas ferramentas e introduz aprimoramentos de desempenho, bem como alterações que afetarão a maneira como os usuários pesquisam.

O Chrome também apresenta oportunidades para os desenvolvedores criarem experiências de usuário interessantes em dispositivos móveis.

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Respostas inteligentes

A mudança mais dramática é um novo recurso chamado Omnibox Smart Answers.

Ele permite que os usuários obtenham respostas a perguntas na barra de endereço sem carregar um website. Estes são resultados ricos mostrados na barra de endereço.

O Chrome chama a barra de endereço da omnibox.

E chama os ricos resultados mostrados na Omnibox, Smart Answers.

Vejamos alguns exemplos de buscas do Google Chrome 69

Definições

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Clima ou Tempo

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Nomes de Filmes

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Curiosidades comuns

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

E a idade do Silvio Santos?

Google Chrome 69: os SEOs tem novidades animadoras (ou não)

Google Chrome muda muita coisa para os SEOs

Com esta evolução nas buscas pelo navegador do Google, os experts em SEO (otimização de sites) terão que rebolar para aumentar mais o seu tráfego orgânico.

Aliás, os especialistas estão tendo um ano de 2018 muito dinâmico e desafiador, pois o Google esta mudando o mercado muito rapidamente e temos que estar atentos.

O que achou desta forma de resultados na própria barra de pesquisa no Google Chrome 69?

Google Images: se você quiser mais tráfego orgânico, faça ISSO!

Google Images

Google Images: Se você quiser que suas imagens sejam classificadas, use o texto alternativo!

John Mueller, do Google, disse nesta manhã no Twitter que, se você quiser que suas imagens sejam classificadas na Pesquisa de imagens do Google –  o Google Images – é extremamente útil para o Google se você adicionar texto alternativo às suas imagens.

O conselho em si não é novo, tem mais de 10 anos, mas este é um bom lembrete de um Googler.

John escreveu:

O texto alternativo é extremamente útil para o Imagens do Google, se você quiser que suas imagens sejam classificadas lá. Mesmo se você usar o carregamento lento, você sabe qual imagem será carregada, portanto, obtenha essas informações o mais cedo possível e teste o que elas renderizam.

Isso não é um novo conselho, mas o modo como John escreveu isso soa muito mais importante do que outras vezes.

Em maio, o Google atualizou suas diretrizes de SEO de imagem, que fala sobre a importância do texto alternativo.

Como consultor de SEO, 99% dos clientes que trabalhei tinham que preencher os campos de ALT text das imagens.

Talvez por ignorância ou preguiça.

Mas se quiser mais tráfego orgânico por imagens no Google Images, façamos nossa parte.

FATO! Google desestimula linkar todas as páginas na home do site

Logo do Google

Google desestimula linkar todas as páginas na home do site. Confira!

Google desestimula os websites a criarem links para todas as páginas da página inicial, dizendo que isso pode impedir que o Googlebot entenda claramente a arquitetura de um site. Palavras do John Mueller – Senior Webmaster Trends Analyst.

“Se tentarmos ligar a todas as páginas do nosso site a partir da página inicial (home), isso dilui o foco?”

Em resposta, Mueller disse que esta prática irá diluir o foco no sentido de que o Google não será capaz de entender a estrutura do site.

Isso é especialmente verdadeiro para websites gigantes em comparação com websites menores, que é considerado uma prática normal.

No caso de sites maiores, a vinculação a todas as páginas da página inicial dificultará o entendimento da estrutura semântica do Google.

Em outras palavras, pode não ser capaz de distinguir páginas de nível superior de páginas de nível inferior, e será mais difícil entender as categorias.

O Google afirmou anteriormente que é uma boa prática vincular as páginas mais importantes de um site a partir da página inicial para que elas tenham mais peso nos resultados de pesquisa.

No entanto, isso não significa que seja uma boa ideia vincular a todas as páginas para que todas tenham o mesmo peso.

Quando o Google tiver uma compreensão clara da arquitetura de um site, ele poderá posicionar as páginas nos resultados de pesquisa de uma maneira que faça sentido para os pesquisadores.

fonte: SEJ

Compartilhe essa informação com seus amigos e caso precise de uma consultoria SEO.

O Google Chrome Recomendações de Artigos é a 4ª fonte de tráfego

google chrome

O Google Chrome Recomendações de Artigos é a 4ª maior fonte de tráfego de referência. E isso pode ser bom para seu negócio

Google Recommendations Artivles

Conforme o SEJ mostra neste artigo e eu já vejo isso em alguns clientes, o Google Chrome Recomendações de Artigos já se torna na 4ª maior fonte de tráfego.

Um relatório do Chartbeat mostra que o Google Chrome para mobile só esta atrás em tráfego de referência para o Twitter, Facebook e a Busca do Google.

O que é Google Chrome Recomendações de Artigos?

[ctt template=”5″ link=”O1tb0″ via=”no” nofollow=”yes”]Compartilhe no Twitter sobre O que é Google Chrome Recomendações de Artigos?[/ctt]

No seu mobile, estas recomendações de artigos aparecem no Chrome.

Também são conhecidos como Artigos para Você, Sugestões de Conteúdo do Chrome ou Sugestões do Chrome.

Este tráfego aumentou em 2017 mais de 2100%, pulando de 15 milhões de visitas para 341 milhões de visitas pro mês (dados mensurados apenas no Android, sem contar o iOS).

Este sucesso se baseia no poder de entregar ao usuario artigos determinados pelo histórico de navegação.

Quanto mais você acessar sites de esportes, mais recomendações de artigos de seu time o Google Chrome irá te entregar.

Temos como manipular as Recomendações de Artigos?

Ainda é muito cedo para termos esse tipo de domínio e acredito que não teremos isso em breve.

O jeito é criar conteúdo relevante para seu público-alvo e deixar o Google fazer a parte dele.

Mas tem um “probleminha”: esse tráfego é considerado de referência e não orgânico.

E isso pode atrapalhar seus relatórios na hora de convencer seus clientes.

Boa sorte com o Google Chrome Recomendações de Artigos, amigos!